Pomba Giras




Pomba Gira – O poderoso Exu Feminino






 Pomba Gira – O poderoso Exu Feminino

Pomba Gira são  entidades espirituais imensamente faladas, e sobre as quais versa imensa controvérsia e debates religiosos.

Há quem afirme que Pomba Gira é uma entidade espiritual que assiste apenas a trabalhos Kimbanda, ( o que nas versões européias da bruxaria, corresponde á magia negra), ao passo que muitos afirmam que Pomba Gira assiste tanto á linha Umbanda , ( que no esoterismo europeu corresponde á Magia branca), como Kimbanda. Outros ainda, defendem que Pomba Gira é uma entidade espiritual chamada essencialmente a trabalhos esotéricos daquilo a que na magia ocidental se chama de magia vermelha.

Seja como for, muitos professam  que Pomba Gira é simplesmente uma entidade espiritual ligada ao mundo terreno, ao passo que outros afirmam que pomba gira é um Exu.

Um Exu é um Orixá africano, ou seja: um mensageiro entre o mundo terreno e o mundo espiritual, ou seja: entre o céu e a terra, que na teologia crista,  que igualmente corresponde Orun e  Aiye, nas religiões Africanas.

Nas mitologias ocidentais, a figura de um Orixá poderia ser vista com alguma latitude de interpretações: alguns defendem que é um Deus, outros que um anjo.

è a este mensageiro, (Orixá),que no decorrer de um processo místico, ( seja de contacto com espíritos, seja de encomenda de serviços), todas as oferendas devem cerimoniosamente ser dedicadas, a fim de garantir que o trabalho espiritual realizado decorra com sucesso.

Exu é um Orixá de temperamento vivo e brincalhão. Exu também é conhecido por possuir um voraz apetite sexual. Exu gosta das coisas carnais e dos prazeres deste mundo, é luxurioso, por vezes indecoroso e provocador. Exu é astuto como a serpente, e por todos esses motivos, os primeiros Cristãos a contactar com os povos Africanos, encararam esta divindade, (representada pelo falo erecto, um símbolo da fertilidade), como a incarnação de Satanás junto dos povos africanos. Por esse motivo, os cultos ligados a Exu foram fortemente reprimidos, e a religião Africana acabou encontrando formas de secretamente perpetuar as suas crenças, ao associar figuras da teologia Crista, ( anjos, santos, santas, etc), a entidades do seu próprio culto religioso. Dessa forma, os padres e missionários cristãos achavam ter conseguido uma plena conversão dos povos colonizados quando observavam os rituais nativos de veneração a essa fugiras cristas, desconhecendo que secretamente se estavam a perpetuar as crenças religiosas originais.

Pomba gira é vista como um Exu feminino, um mensageiro entre este mundo e o mundo espiritual, um espírito, ( que nas religiões Abraamicas do deserto seria certamente visto como um anjo), de forte e vincada personalidade.

Pomba gira é um espírito feminino também de luxúria, sendo que todos os prazeres e coisas deste mundo lhe são agradáveis.

Muitos crentes, afirmam que pomba gira não é uma entidade, mas sim um conceito que serve para identificar uma certa categoria de espíritos.

Há quem também afirme que os espíritos chamados «pomba gira», são espíritos de mulheres que em vida foram amantes, prostitutas, ou simplesmente mulheres especialmente ligadas ao prazer das coisas da carne, e que morrendo se transformam em poderosas entidades espirituais.

Estes espíritos femininos, são capazes tanto de um grande mal , ( desviar comportamentos sexuais, causar tentações, separar casais, concretizar cruéis vinganças, separar famílias, etc), como de um grande bem ( unir casais, salvar casamentos, devolver harmonia ao lar, etc).

Sendo espíritos de mulheres falecidas, essas entidades tendem a reencarnar periodicamente neste mundo. As que ainda não reencarnaram, tendem a procurar médiuns com os quais se possam relacionar e assim incorporar temporariamente.

Normalmente um espirito Pomba Gira incorpora numa mulher, embora haja casos em que se afirma que tal sucede em homens. Afirma-se também que nesses casos, a fortíssima influencia espiritual de pomba gira num homem, poderá distorcer a sua orientação sexual, mas tal não se encontra provado.

Afirma-se na teologia Umbanda e Kimbanda, que Pomba-Gira, ( o conceito que serve para distinguir toda uma linhagem de espíritos feminis), constitui na verdade uma enorme legião, subdividida em ramos distintos: existem pombas giras ligadas ás encruzilhadas, ( Pomba Gira das 7 encruzilhadas), bem como pombas giras ligadas a locais ermos, ( Pomba Gira Maria Mulambo), como pombas giras relacionadas com ciganas, ( pomba gira Cigana), como pombas giras afetas aos cemitérios, ( pomba gira Calunga)

No decorrer de um processo espiritual, milhares de pessoas já afirmaram ter visto os seus desejos concretizados através deste tipo de entidade, ao passo que outras viram todo o tipo de alterações milagrosas suceder na sua vida.

As oferendas realizadas a pomba gira, são: charutos, bebidas fortes, cigarros de boa qualidade, flores vermelhas, espelhos, jóias bonitas e brilhantes, licores, bijuterias, perfumes e tudo aquilo que um espirito feminino adora.

Os locais de oferenda, variam consoante a natureza da pomba gira em questão.

As pomba gira são entidades espirituais de forte personalidade, pelo que jamais se poderá quebrar a palavra dada, nem violar os termos de uma instrução, nem mostrar desrespeito. Qualquer uma dessas falhas, pode resultar em trágica conseqüência.

Contam os crentes, que em certas noites, podemos ouvi-las cantando e dançando nos locais mais inesperados, ( lugares ermos, cemitérios), e sentir o perfume doce e feminino das suas presenças invisíveis. Nessas noites, convém afastar-se rapidamente desse local, sem olhar para traz, com todo o respeito e discrição, respeitando a intimidade dessas valorosas Exu femininas.






Nomes de Pombagiras


Nomes de Pombagiras ou Bombagiras da Umbanda
Pombagira Alteza
Pombagira Cigana
Pombagira Cigana das Sete Saias
Pombagira Dama da Noite
Pombagira da Bahia
Pombagira da Estrada
Pombagira da Figueira
Pombagira da Figueira
Pombagira da Noite
Pombagira da Praia
Pombagira das Almas
Pombagira das Rosas
Pombagira das Sete Calungas
Pombagira das Sete Encruzilhadas
Pombagira do Cruzeiro
Pombagira do Lodo
Pombagira Dona Maceió
Pombagira Dona Sete Catacumbas
Pombagira Margarida
Pombagira Maria Bonita
Pombagira Maria Caveira
Pombagira Maria Farrapo
Pombagira Maria Mulambo
Pombagira Maria Navalha
Pombagira Maria Padilha
Pombagira Maria Padilha Menina
Pombagira Maria Padilha da Bahia
Pombagira Maria Padilha das Almas
Pombagira Maria Padilha do Cabaré
Pombagira Maria Padilha  do Cruzeiro das Almas
Pombagira Maria Quiteria
Pombagira Maria Rita
Pombagira Maria Teimosa
Pombagira Maria Toquinho
Pombagira Maria da Calunga
Pombagira Maria das Almas
Pombagira Maria do Bagaço
Pombagira Maria do Balaio
Pombagira Maria dos Trilhos
Pombagira Menina
Pombagira Mirongueira
Pombagira Mocinha
Pombagira Mulambinho
Pombagira Padilha Menina
Pombagira Quebra-Galho
Pombagira Rainha
Pombagira Rainha das Rainhas
Pombagira Rainha das Sete Encruzilhadas
Pombagira Rosa
Pombagira Rosa Caveira
Pombagira Rosa Faceira
Pombagira Rosa Menina
Pombagira Rosa Vermelha
Pombagira Rosa Vermelha da Praia
Pombagira Rosa da Calunga
Pombagira Rosa da Calunga
Pombagira Rosa da Noite
Pombagira Rosa de Maio
Pombagira Rosa do Cais
Pombagira Rosa do Cruzeiro
Pombagira Rosa do Tabuleiro
Pombagira Rosinha
Pombagira Sete Catacumbas
Pombagira Sete Caveiras
Pombagira Sete Estradas
Pombagira Sete Punhais
Pombagira Sete Rosas
Pombagira Sete Saias
Pombagira Sete Saias Rodadas do Cabaré
Pombagira Tata Mulambo







Pomba-gira Rosa da Noite.




A Pombagira Rosa da noite é responsável por proteger as pessoas viciadas em álcool e drogas em geral, do assédio de entidades malévolas, que costumam sugar a energia dos encarnados e fazer com que os mesmos se tornem cada vez mais dependentes dessas drogas.

Sabe-se que na grande maioria dos casos de alcoolismo, existe a influência de espíritos obsessores. Esses espíritos que são vítimas de vidas passadas desses encarnados, que hoje vingam-se através dasinfluências negativas e hipnóticas que exercem sobre os que consideram seus devedores.

Essa Guardiã tem por missão freiar ou impedir, caso já haja merecimento por parte da "vítima", a ação desses obsessores.

Esse é um trabalho extremamente difícil, visto que para o viciado se libertar da ação de seus obsessores , necessita de aprimoramento moral e espiritual.e por outro lado, os espíritos perseguidores, necessitam também de reconhecer o erro que cometem e aceitarem a submissão às leis divinas.

Semelhante atrai semelhante.as Pombagiras guardiãs podem, como já foi citado, freiar e minimizar a ação desses espíritos, todavia, se o encarnado continua a manter sentimentos,desejos e pensamentos que sintonizam com seus obsessores, ele os atraí novamente.

A Pombagira Rosa da Noite, optou por trabalhar junto à encarnados viciados,por ela mesma, já ter vivido como tal.

Também não recebe oferendas e raramente incorpora, trabalha diretamente junto aos seus protegidos.

Cumpre as missões determinadas por Dona Rosa Caveira.


Saravá Dona Rosa da Noite!






Pomba Gira Maria Mulambo.



  Pomba Gira Maria Mulambo - Uma História

 Maria mulambo era filha de escrava com feudal, um senhor de muitas terras e que amava sua mãe e não tratava como escrava mais sim como esposa, por mais que existisse preconceito das pessoas da cidade por ela ser negra, mulambo não conheceu sua mãe, assim que nasceu sua mãe faleceu no parto então foi criada por seu pai com todos os luxos e mimos e todos na cidade a tratavam muito bem principalmente os mais nobres por seu pai ter muitas riquezas e poder na cidade, seu pai sofria de uma doença que não teria cura assim deixou toda sua herança para mulambo uma jovem linda e bela ,quando completou seus 18 anos perdeu seu pai de uma forma um tanto sofrida estava sozinha no mundo com tanto dinheiro mais tão infeliz, o povo da cidade quando souberam da morte de seu pai mudaram completamente com ela pois era uma morena jambo muito bonita mais para todos não passava de uma escrava que se escondia atrás de jóias e vestidos caros, os meses foram passando e a solidão aumentando e quanto mais chorava mais triste ficava, até que resolveu sair um pouco para ver gente, mesmo sabendo que as pessoas as descriminavam, passou a andar com os humildes que por ela não tinham preconceito só admiração a chamavam de princesa dos escravos pois fazia doações generosas as famílias pobres do vilarejo, um belo dia encontrou com um rapaz muito formoso e gentil foi amor a primeira vista, então o rapaz passou a visitá-la e tirando um pouco da solidão de sua vida, e a cada dia foi ganhando mais sua confiança e amor, não demorou muito se casarão e mulambo viveu momentos felizes, naquela época as mulheres não poderia aprender a ler e nem escrever, e foi então que o pior aconteceu! O seu sonho virou pesadelo.
Mulambo saiu como costumava fazer todos os dias para visitar as famílias e o vilarejo, quando chegou a sua mansão os escravos que a serviram por tantos anos a impediu de entrar em sua própria casa por ordem de seu marido, lhe disseram que o senhor ordenou que não deixasse entrar nem para beber água que lá ela não teria mais nada apenas a rua. Mulambo não acreditou em que estava ouvindo, pois seu amado marido a traiu e lhe roubou todos os bens .
Desnorteada vagou pelas ruas, o que machucava mulambo não foi a perda da riqueza, mais da traição de alguém que era a única pessoa que ainda teria na vida.
Se passaram dias suas roupas finas viraram farrapos, sua fisionomia ficou triste e escura mais a sua beleza era visível para todos que passavam e viam aquela mulher com a mão estendida suja e esfarrapada, passou muita fome e frio mais ainda assim o que mais lhe maltratava era a traição, passando pela mesma calçada uma mulher bonita famosa dona de cabaré olhou para mulambo e perguntou: moça és tão bela o porque esta esmolando, mulambo mal olhou para moça e nada respondeu, a moça na época chamada sete saias do cabaré fez um convite a mulambo, que se mulambo fosse com ela seria muito rica e amada por muitos homens, mulambo sem entender muito acompanhou sete saia a rainha do cabaré se arrumou e começou a fazer a vida, reconquistou o dobro da riqueza que tinha era uma das mais procuradas no cabaré, guardou seu coração na gaveta para que fosse rigorosa e fria na hora de cobrar, fez muitos abortos e não queria ter filhos foi obrigada muitas vezes a tirar, por causa do trabalho e não saberia lidar com essa situação (por esse motivo a entidade Maria mulambo é protetora das crianças) um dia a casa estava cheia e o homem que destruiu sua vida e roubou seus bens foi conferir o boato que se alastrou pela cidade, quando mulambo o viu seu coração galopava de uma forma absurda pois por mais que ele tivesse destruído os seus sonhos ela ainda o amava pois como ela diz (o verdadeiro amor é o único feitiço que nunca é desfeito) ele chegou perto dela e pediu perdão por tudo que tinha feito que era um tolo e queria a esposa dele de volta que foi egoísta e ambicioso, mas era para que ela entendesse que sempre sofreu na vida, e ele não teve o direito de fazer o mesmo com ela, e rapidamente marcou uma encontro com ela em uma encruzilhada afastado um pouco do cabaré a meia noite, ela respirou fundo e aceitou o convite na esperança que realmente ele tinha falado a verdade e mudado, mulambo saiu escondida com uma capa preta muito usada naquela época, chegando lá ele se aproximou dela e disse “ você foi a mulher mais linda que conheci em toda minha vida e sua beleza não dividirei com ninguém vou fazer isso por amor” de repente apareceram mais 6 amigos a seguraram e ela a esfaqueou varias vezes e ainda viva ele a jogou em uma lixeira e a tirou fogo, assim mulambo cura a dor de pessoas que sofrem com traição e é a favor dos casais, seu Axé é caracterizado por famílias, é um axé de respeito e fertilidade







Pomba Gira Maria Padilha



Salve Maria Padilha.


Maria Padilha é uma das principais entidades da umbanda e do candomblé traz consigo o dom do encantamento

de amor é muito procurada pelas pessoas que sofre de paixões não Correspondidas .

E suas oferendas são compostas geralmente de cigarros champanhe rosas vermelhas perfumes anéis e

gargantilhas batom pentes espelho farofa feita com azeite de dendê suas obrigações são geralmente arriadas

nas encruzilhadas de T aceita como sacrifício galinha vermelha cabra e pata preta.

Mulheres que trabalham com esta entidade são geralmente belas bonitas atraentes e sensuais são dominadoras

e de personalidade muito forte sabem amar como ninguém mas com a mesma facilidade sabem odiar seus

parceiros amorosos.

Maria Padilha é protetora das prostitutas gosta do luxo e do sexo adora a lua mas odeia o sol suas roupas são

geralmente vermelhas e pretas igualmente seus colares e sua coroa suas cantigas são muito alegres e cheias

de magia e segredos. E mulher de sete exu rainha dos cabarés e das encruzilhadas


Podemos também ver MARIA PADILHA como aquela pessoa alegre que passa pelas ruas recolhendo toda a “sujeira”. Vem com brincadeiras e algazarras, mas faz um trabalho enorme em benefício da sociedade, que se diga de passagem é muito pouco reconhecido, mas ELA o exerce com presteza e determinação. Assim como devemos ter um conceito mais respeitoso do ORIXÁ EXÚ, devemos também dedicar mais respeito ao trabalho de MARIA PADILHA. deixando de encará-la como uma mulher vulgar e da vida, que só vêm “para arranjar casamento” ou o que é pior, para desfazer casamentos...Isto é uma coisa absurda e vulgar... O trabalho de MARIA PADILHA é sério. . É também um trabalho de descarrego, de limpeza, de união entre as pessoas. De abertura dos caminhos da vida, seja do ponto de vista material, mental ou espiritual.
MARIA PADILHA é considerada a qualidade feminina de Exu. Na tradição dos candomblés de origem predominantemente Yorubá MARIA PADILHA faz parte do panteão de entidades que trabalham na “esquerda”, isto é, que podem ser invocadas para “trabalhar para o bem ou para o mal”, em contraste com aquelas entidades da “direita”, que só seriam invocadas em nome do “bem”.
Temos de entender que no ALTO CANDOMBLÉ não é feita distinção entre o “bem” e o “mal”, no sentido judaico-cristão, e sim na relação do “ORIXÁ” e o “homem”.
O culto à Maria Padilha, como entidade dotada de identidade própria, não é o mesmo culto dado a um ORIXÁ, mas é cultuada como um ser do mundo astral, guerreira e inteligente demais, que realiza diversos trabalhos e está sempre pronta a ajudar as pessoas a vencerem vários obstáculos da vida, a conseguir a felicidade no amor, vencer problemas de saúde de desarmonia conjugal e está muito próxima da nossa esfera humana.
.Seu poder é tão grande que é sempre invocada nas questões sentimentais uma vez que traz consigo os dons do encantamento de amor, sendo assim muito procurada pelas pessoas que sofrem de paixões não correspondidas Suas oferendas são compostas geralmente de cigarros, champagne, rosas vermelhas, perfumes, anéis e gargantilhas de ouro ou dourados, batom, pentes, espelhos, farofa feita com azeite de dendê. Suas obrigações são geralmente arriadas nas encruzilhadas de T. Maria Padilha adora a lua mas odeia o sol e as suas roupas são geralmente vermelhas e pretas igualmente seus colares e sua coroa. Suas cantigas são muito alegres e cheias de magia e segredos. A sua força é guerreira, a sua vibração magnética é carregada de sensualidade e alegria, Uma coisa é muito certa, todo e qualquer problema que colocamos nas mãos de qualquer uma delas tem solução. O importante ao invocá-la é lembrar sempre que, é uma entidade complexa, de personalidade forte, e que nunca perdoa uma falta de palavra dada. O importante também é não invocá-la para trazer prejuízo a outrem, porque ela o fará com certeza, mas a dívida kármica adquirida ficará por conta de quem pediu.
Quanto ao seu aspecto sensual, faz parte de sua polaridade, não querendo significar com isso depravação ou perversão. Por isso devemos respeitar ao máximo o trabalho de Maria Padilha, levando-o muito à sério e JAMAIS o desrespeitando .
estamos reconhecendo seu poder e ao mesmo tempo estamos pedindo “àquele(a) que vive a noite, que nos livre das emboscada

 

 
Ponto de Maria Padilha

Uma rosa cor de sangue senti-la em suas mãos

Um sorriso que nas sombras não diz nem sim, nem não

Poe na boca a cigarrilha no mais inocente olhar de quem quiser amar.

De vermelho e negro vestido na noite um mistério traz,

De colar de perolas brincos dourados a promessa faz,

Se é preciso ir você pode ir, peça o que quiser,

Mas cuidado amigo ela é bonita, ela é mulher.

E no canto da rua oi zombando,oi zombando, oi zombando está. 2x

Ela moça bonita girando oi girando lá oiê, oi girando lá oiê . 2x

 

As moças, chamadas assim de forma carinhosa por todos nós os filhos de Umbanda, se manifestam nas Giras de Exú; pois são elas a companheiras dos compadres (Exús masculinos).
Gostam de dançar, na maioria das vezes usam roupas coloridas, extravagantes, em tons de vermelho e preto, fumam cigarros longos ou cigarrilhas, finas; sua bebida favorita é o champagne, gostam de taças exageradamente lindas, algumas gostam de usar rosa vermelha no cabelo, são vaidosas, autoritárias, sensuais e ligadas as questões do amor.
Suas gargalhadas inconfundíveis,misturada com sua conversa direcionada e envolvente, são muito parecidos com nós humanos encarnados.
Resolvem os assuntos mais urgentes, são infalíveis e resolutíveis...
Buscam a evolução, trabalhando na prática do bem.
Não costumam prejudicar ninguém!
Mas não deixam barato as ofensas recebidas; por este motivo, devemos tomar cuidado com a forma de tratá-las...
Muitas vezes irônicas, mas muto divertidas...
Quando nervosas ou bravas, ficam incontroláveis...
Ter uma Pomba Gira como amiga, é ter proteção garantida!!!!!

 







Pomba Gira 7 Saias.



7 Saias

Jalusa Correia era uma bela mulher, morena de bastos cabelos negros, tinha ainda magníficos olhos verdes que a todos encantava.
Aos dezessete anos se casou e teve dois filhos, que foram por algum tempo a razão de sua existência. Quando estava prestes a completar seu vigésimo terceiro aniversário uma tragédia abateu-se sobre ela, seu marido e filhos faleceram em um pavoroso acidente de trem e da noite para o dia tornou-se uma pessoa imensamente triste e solitária. Por muitos anos carregou o peso na consciência por não estar com eles nesse momento. Culpava-se intimamente porque nesse fatídico dia tivera uma indisposição séria e não quisera acompanhá-los na pequena viagem que mensalmente faziam à cidade vizinha. O remorso a torturava como se com isso conseguisse diminuir o tamanho de sua dor.
Dez anos se passaram até que Jalusa voltasse a sorrir, apesar do coração em frangalhos. Foi nesse período que Jorge apareceu em sua vida. O jovem viúvo logo se tomou de amores pela solitária e encantadora mulher. Conhecendo o trauma vivido por ela, teve a certeza de haver encontrado a mãe que sua filha precisava. A pequena Lourdes ficara órfã muito cedo e com apenas seis anos não conseguia esquecer a morte de sua genitora, tornando-se uma criança frágil e assustadiça.
Não demorou muito para que se casassem. No inicio Jalusa foi exemplar, como mãe e esposa, de repente, sem entender o motivo, começou a odiar a pequena menina. Lourdes a irritava, cada palavra dita por ela, entrava em seus ouvidos como uma ofensa. A menina apanhava por qualquer coisa, eram palmatórias, surras de cipós e puxões de cabelo que a deixavam inteiramente dolorida. Com medo de dizer ao pai o que ocorria em sua ausência, Lourdes foi ficando a cada dia mais amarga e triste. Seus únicos momentos de alegria eram os passeios que fazia com o pai. Sempre que Jorge perguntava o que estava acontecendo ela mentia dizendo sentir saudades da mãe.
O ódio de Jalusa pela criança só aumentava, cada vez que a menina chegava perto dela, a lembrança de seus próprios filhos a atormentava: - Como pode uma criatura indecente dessas estar aqui, viva ao meu lado, e meus filhos lindos, mortos? - Era sempre nesses momentos que a menina era mais agredida.
Um dia Jorge resolveu fazer uma surpresa e retornar mais cedo a casa. Ao entrar devagar para não ser notado, ouviu os gritos: - Sai vagabunda! - acompanhado do som de um tapa - abriu a porta justamente no instante em que sua filha era atirada contra um canto da parede. Num átimo, percebeu tudo que estivera ocorrendo em sua ausência. Correu até a mulher e a esbofeteou com rancor exigindo que saísse de sua casa imediatamente. Desse dia em diante, Jalusa passou a morar nas ruas, mendigando e xingando todas as crianças que lhe passassem por perto. às vezes, chorava muito, mas logo se erguia e gargalhava alto. Em uma noite de intenso frio, seu espírito foi arrancado do corpo e levado para zonas sombrias onde por muitos anos procurou respostas para as mazelas passadas em vida. Depois de ter contato com suas vidas pregressas, percebeu os erros que cometia a cada encarnação onde sempre era a causadora de grandes males causados a crianças e suplicou ajuda para o ressarcimento de suas culpas. Hoje, na vestimenta fluídica de Pomba-Gira das sete Saias, procura sempre uma maneira de atender aos que a procuram com simpatia e carinho. Quem a conhece em terra sabe de sua predileção por jovens mães e o respeito que nutre por todas as crianças. Está enfim a caminho de uma grandiosa evolução.
Laroiê Dona Sete Saias!







Pomba Gira Dama da Noite.



Carmem vagava pelas ruas sem saber para onde ir. Perdera os pais quando tinha cinco anos e fora morar com seus tios. Tratada como escrava por anos, nunca soube o sentido da palavra felicidade. Analfabeta, somente conhecia os segredos da cozinha e da limpeza que era obrigada a fazer diariamente. O assédio de seu primo tornara-se insuportável conforme crescia em formas e beleza. Tanto o rapaz insistiu que acabou levando-a para a cama, onde foram flagrados pela velha tia, que em nenhum momento duvidou da palavra do filho que acusava a moça de seduzi-lo dia após dia. De nada valeram os apelos e juras de inocência. Fora colocada na rua sem um tostão e apenas com a roupa do corpo. Agora estava ali perambulando por ruas que não conhecia em uma noite escura e com lágrimas correndo pelo belo rosto. Um homem aproximou-se dela: - O que faz uma moça tão bonita perdida por aqui? E porque chora? Desalentada, começou a falar tudo que havia se passado. Não tinha nada a perder. Quem sabe aquele rapaz não a ajudaria? Fora o único que mostrara interesse no seu drama. Após ouvir tudo ele disse: - Venha comigo, tenho um lugar para você ficar! Sem outra opção a jovem o seguiu. Entraram em um casarão escuro em que havia somente uma pequena luz . Uma senhora vestida e maquiada com extravagância para àquela hora da noite, atendeu-os prontamente: - Mais uma menina, Jorginho? De maneira brusca, o rapaz agarrou a mulher pelo braço e sussurrou-lhe: - Esta é minha, vou querer somente para mim! - Calma lá garotão! Se você pagar não vejo motivo para que não seja sua. A partir desse momento Carmem transformou-se em mais uma menina da famosa Madame Eglantine. A principio deitava-se com Jorge pela gratidão, aos poucos, porém foi tomando-se de amores pelo rapaz, que em pouco tempo enjoou do que tinha com facilidade. Depois de dois meses de amor incondicional, o rapaz procurou pela Madame e falou: - Já está na hora da garota fazer a vida, não tenho mais como pagar pela sua estadia aqui. Eglantine sorriu com desdém, pois já sabia que o final seria esse, não era a primeira que passava por isso em sua casa. Ao ser informada de suas novas atribuições, a moça desesperou-se, chorou uma tarde inteira, mas sem ter como fugir da situação preparou-se para cumprir o combinado. Sentada no grande salão mal iluminado Carmem aguardava. Cada vez que uma das meninas subia acompanhada de alguém, ela suspirava de alivio por não ter sido escolhida. No entanto, quando já achava que estaria livre por aquela noite, Madame aparece com um senhor: - Querida, trate muito bem o Comendador Belizário, ele é prata da casa! Ao olhar o homem sentiu o estômago revirar, ele podia ser seu avô! Eglantine percebeu e fixou um olhar gélido sobre ela: - Leve-o para seu quarto e faça tudo para agradá-lo. Com os pés pesados ela subiu as escadas que a levariam para o sacrifício, puxando o comendador pela mão. O velho fungava em sua nuca e ela tentava desviar do contato, ao sentir o hálito mal cheiroso não resistiu pediu que ele a soltasse e o empurrou com violência. Isso somente excitou mais o homem que agora literalmente babava em seu pescoço. Instintivamente agarrou a haste de bronze do abajur e bateu com ódio na cabeça de Belizário. O sangue correu imediatamente manchando seu seio. Mas o velho não caiu, tomado de ira, apertou o pescoço da jovem até que, com os olhos vidrados, ela deu o último suspiro. Assustado pelo que fizera e com o sangue escorrendo pelo rosto, o comendador correu para as escadas onde tropeçou e rolou caindo morto no meio do salão de Madame Eglantine. Durante muitos anos o espírito de Carmem vagou por regiões escuras onde reviu e reviveu carmas e pecados de vidas anteriores. Amparada por linhas auxiliares começou seu trabalho de evolução espiritual utilizando a roupagem da Pomba-Gira Dama da
Noite.Quem já se consultou com essa grande mulher sabe dos ótimos conselhos que ela sempre distribui entre sorrisos gentis e calorosos. Laroiê a Dama da Noite! Laroiê as Pomba-Giras!






POMBA-GIRA, A GUARDIÃ



POMBA-GIRA, A GUARDIÃ:
Entidades que se manifestam nos cultos de matriz africana, as Pomba Giras são personagens bastante populares. Tanto as Pombas Giras quanto os Exus representam nossos bons companheiros, velhos “compadres e comadres” sempre prontos a nos ajudar. Também são conhecidas como vencedoras de demandas, das guerras, mulheres cheias de méritos que em seus pontos cantados sempre levam um tom sensual.
A Pomba Gira é a geradora do desejo, fundamental em nossas vidas, e pode ser ativada tanto para ajudar como para diminuir em determinada pessoa, de acordo com a necessidade que for demonstrada.
A morada das Pombas Giras está nas encruzilhadas em forma de T e cemitérios. Costumam trabalhar com a parte etérea das bebidas alcoólicas como aguardente, rum, whisky, licores e champanhe.
A Pomba Gira é uma entidade que está bem próxima a nós, encarnados; possuiu uma vida no passado que lhes permitem auxiliar nas áreas mais difíceis para as pessoas comuns: a vida emocional, o amor e a felicidade. Elas têm acesso às dimensões mais próximas do mundo da Natureza: os instintos, as aspirações e os desejos. O mais importante é compreendermos que são espíritos em busca de evolução, por isso, trabalham SEMPRE PRATICANDO O BEM, pois só assim poderão subir os degraus da ascenção espiritual.
Os grupos dos nossos amigos guardiões que mais se destacam nos terreiros, a falange do “Povo da Rua”, como carinhosamente são chamados esses espíritos amigos que sempre estão a postos para o caso de um pedido de ajuda, geralmente se divide em Exus e Pombas Giras das encruzilhadas, do cemitério e da natureza. É comum o uso de preto e vermelho para os exus e pombas-giras.






Pomba Gira Menina da Estrada


Pomba Gira Menina da Estrada
Gosta de ser chamada de senhorita ( é adolescente, tem 15 anos); seus cabelos são claros; adora rosas amarelas; bebe água, champanhe ou sidra; trabalha com uma pedra de Pirita na mão esquerda; usa um lenço estampado com predominância da cor vermelha ( com três nós: 1 em cada ponta e o outro no centro) pendurado da nuca a testa com as pontas caídas sobre os ombros); costuma dar um nó ao lado direito da barra da saia; vem em pé e gosta de dar bastante gargalhadas. É companheira do Exu Tranca Rua das Almas; recebe oferendas no jardim de preferência durante o dia ( frutas); fuma cigarro ou cigarrilha ( mas o que ela gosta mesmo é de dar consulta… de bico seco ou molhado, com ou sem cigarro) Ela costuma ensinar aos consulentes que não se deve dizer “Obrigada (o)” a um Exu. Pois, cada um tem o que merece …
E diz que sempre que alguém precisar ou pensar nela, deve acender uma vela branca junto com uma rosa amarela e colocar no cruzeiro das almas, de preferência numa 2ª feira.
…. Existem duas estradas para você;
Uma é a de espinhos a outro é a escolher…
FONTE: TERREIRO DE YANSÃ





POMBA GIRA ROSA VERMELHA,
A FLOR DA UMBANDA




POMBA GIRA ROSA VERMELHA, A FLOR DA UMBANDA


AS POMBAGIRAS QUE ADOTARAM A DENOMINAÇÃO ROSA PERTENCEM A FALANGE DE DONA ROSA CAVEIRA. (COM ALGUMAS EXCEÇÕES) E DONA ROSA VERMELHA É UMA DELAS.
DONA ROSA VERMELHA ATUA MAIS ESPECIFICAMENTE NA CALUNGA E NA
ENCRUZILHADA, MAS TAMBÉM NOS CABARÉS.
AS POMBAS GIRAS DE DONA ROSA CAVEIRA, TÊM COMO ESPECIALIDADE A FUNÇÃO DE GUARDIÃS, TRABALHANDO MAIS
NA CAPTURA DE ESPÍRITOS TREVOSOS.
ENTRETANTO DONA ROSA VERMELHA É ESPECIAL, DONA DE UM CHARME E UM
CARISMA INCOMUNS, SUAVE,SENSUAL, CORDATA, BEM HUMORADA E DE BEM COM A VIDA (PELO MENOS,AS QUE EU CONHECI)
ESSA GUARDIÃ TAMBÉM É EXCELENTE PARA OS ASSUNTOS DO CORAÇÃO, ESPE
CIALMENTE, AS QUE TRABALHAM NAS ENCRUZILHADAS E CABARÉS.
AS CORES SÃO VERMELHAS COM DETALHES PRETO OU PRETAS COM ALGUNS DETALHES EM VERMELHO.
AS VELAS:VERMELHAS, VERMELHA E PRETA, PRETAS
AS OFERENDAS PODEM SER ENTREGUES NA ENCRUZILHADA, E OS TRABALHOS PEDIDOS PELA ENTIDADE, EM ALGUNS CASOS, SÃO REALIZADOS NA CALUNGA
ESSES TRABALHOS SÃO FEITOS POR SOLICITAÇÃO DA ENTIDADE E POR PESSOAS PREPARADAS PARA TAL.
EU PARTICULARMENTE, PERCEBO DONA ROSA VERMELHA COMO UM MEIO TERMO,UM PONTO DE EQUILÍBRIO ENTRE DONA ROSA CAVEIRA E DONA SETE SAIAS. ELA TEM A SERIEDADE DA PRIMEIRA E A SENSUALIDADE DA SEGUNDA.
TUDO ISSO SENDO ELA MESMA, QUERIDA, ENVOLVENTE E ÚNICA.
SALVE A QUERIDA ROSA VERMELHA!!!!


CLAUDIA BAIBICH






  POMBA GIRA MARIA FARRAPO


  POMBA GIRA MARIA FARRAPO?


"ESCLARECENDO A MARAVILHOSA E POUCO COMPREENDIDA MARIA FARRAPO"

As Farrapos trabalham junto com as Mulambos e fazem parte da mesma hierarquia, ou seja: falange Maria Mulambo.
É comum vermos Maria Farrapo apresentando-se à incorporação nos pontos de Maria Mulambo.

Isso ocorre com frequência e pelos seguintes motivos:
- Pertencem a mesma falange
- poucos Terreiros cantam pontos de Maria Farrapo
- Maria Farrapo trabalha mais no Astral que incorporada
- Muitas vezes, incorpora apenas para descarregar o médium
Uma característica marcante das Farrapos é a ironia e a irreverência. Diretas e objetivas, costumam ir direto ao "ponto", o que pode surpreender médiuns e consulentes.

Ao contrário do que alguns imaginam, são Pombas Giras sérias, competentes, determinadas e fiéis.
São as Guardiãs da falange Maria Mulambo responsáveis pelas cobranças cármicas e retorno de demandas, excelentes e precisas em suas  execuções.

A compreensão do médium é muito importante para a manifestação da entidade.
É preciso entender que a energia de Maria Farrapo é intensa e que ela trabalha situações que envolvem a necessidade de uma roupagem fluídica tipo "Flagelos de Deus".
Promovem encontros cármicos, estimulam circunstâncias de "provas", favorecen todos os "ajustes" necessários ao aprendizado e crescimento.

Quando uma Mulambo recebe um pedido, sempre terá uma Farrapo trabalhando junto.

Esse turbilhão energético dificulta o entendimento do médium de quem seja, ou como seja a apresentação de uma Maria Farrapo. Daí muitos médiuns comportarem-se como se a entidade estivesse bêbada, ríspida ou desajeitada.

Não é nada fácil  trabalhar com uma Farrapo, mas com certeza é uma missão que exige um grande autoconhecimento por parte do médium e um treino afinado de sintonia com sua Guardiã.
Conhecê-la é fundamental, saber como a entidade conduz as situações, seu temperamento, modo de agir e pensar.
Após o conhecimento e sintonia, é muito gratificante ser médium de uma Maria Farrapo. Uma amiga fiel e para todas as horas.

Elas trabalham em todos os campos de atuação de Mulambos: Encruzilhada, Estrada, Cemitério entre outros.

Se pertencem a mesma falange, não deveriam usar o mesmo nome?

Como citei acima,

"AS FARRAPOS SÃO O FLAGELO DA FALANGE MARIA MULAMBO, AS EXECUTORAS DAS COBRANÇAS"


Claudia Baibich

SALVE GUARDIÃ MARIA FARRAPO!
SALVE A FALANGE MARIA MULAMBO!






Como fazer uma Oração á Pomba Gira



  Como fazer uma Oração á Pomba Gira

Entendendo as ORAÇÕES PARA AS POMBAS GIRAS

As orações ou Petições às Pombas Giras devem ser revestidas do mais absoluto respeito e confiança.
Ao verbalizar suas intenções e evocar a entidade, estará criando um elo energético com a mesma, o que facilitará o trabalho da Guardiã.
Mas como ela pode lhe ajudar?
- Inspirando-o a tomar atitude pró-ativas em direção ao seu objetivo.
- Incentivando-o a realizar as mudanças necessárias em sua vida, mesmo as mais difíceis.
- Facilitando a aproximação das pessoas certas, para o seu momento de vida.
- Aumentando sua percepção de autoconhecimento, de suas qualidades positivas e de suas deficiências, que podem e devem ser trabalhadas.
- Estimulando-o a crescer, renovar, reciclar.
- Ensinando-o a valorizar o tempo, aprendendo com erros e acertos do passado, vivendo responsavelmente o presente e construindo as bases de um futuro melhor.
- Ajudando-a a "deixar para tras" mágoas e culpas, que só serão resolvidas com desapego e amor incondicional. A exacerbação das paixões trazem verdadeiras catástrofes. E sobre isso Pombas Giras entendem muito bem!
- Aumentando a sua fé em si mesmo, na vida e sobretudo em Deus.
Como fazer as Orações:
Para sua Guardiã pessoal, em sua própria casa.
Para as demais Guardiãs suas Orações podem ser feitas na parte externa dentro dos domínios dos Terreiros e podem ser acompanhadas de velas branca, vermelha, vermelha e preta.
Para as Pombas Giras das Almas e dos Cruzeiros, as orações podem ser feitas em Cruzeiros das Igrejas, acendendo-se apenas velas na cor branca.
Para as Pombas Giras Ciganas, as orações podem ser feitas em sítios da natureza.
Para as Pombas Giras da Praia, as orações podem ser feitas na areia da praia.
Lembrando que em um Terreiro, podem ser feitas orações e oferendas para todas as Pombas Giras, inclusive as do Cemitério.
A oração não substitui a oferenda, onde há uma manipulação de elementos específicos, objetivando mudar uma determinada situação através do processo magístico.
A primeira função da Oração é ativar a conexão do médium com a entidade, mas também podem ser feitos pedidos mais específicos.
Lendo meus textos, você encontrará informações sobre qual Pomba Gira Guardiã recorrer para ajudá-lo numa determinada situação.
Mas pode simplesmente fazer suas orações para uma Pomba Gira que mais lhe cause simpatia.
Quando for fazer uma oração,oferenda ou pedido, entregue o caso a uma determinada entidade, ela saberá como conduzir e se for necessário, ela mesma contará com o auxílio de Guardiãs mais especializadas em sua questão.
Saiba aguardar, tudo ocorre a seu tempo. Muitas vezes a solução de um determinado problema, envolve as vidas de muitas pessoas, de modo direto ou indireto.
Enquanto espera pela ajuda das Guardiãs Pombas Giras, faça a parte que lhe cabe, não paralise sua vida em função do que pediu. Existem outros aspectos que podem e devem continuar fluindo.
Não comente com as pessoas, ainda que amigas, suas aspirações, se necessitar fazê-lo, escolha apenas uma pessoa que confie e se possível tenha as mesmas crenças.
Analise se o que pede é relevante e digno, coloque-se no lugar de outros envolvidos.
Movimente-se em direção ao que deseja, Exús e Pombas Giras trabalham com energia em constante movimento, lembre-se que você tem que atuar na matéria, você está encarnado e deve fazer o que lhe cabe.
Se quer trabalho, aprimore-se, faça um curso, perca a timidez, perca o medo de levar um NÃO - um SIM virá para quem não desiste.
Seja razoável e tenha projetos viáveis, não adianta ficar pedindo algo inatingível ou que cause danos a você mesmo e aos outros.
Mesmo que o seu pedido inicial não seja atendido do medo que você gostaria, nãp perca o amor por sua Guardiã, ela não é Deus e nãp ode tudo, mas é uma grande amiga que fará sempre o que possível para ajudá-lo(a).

Faça suas orações uma vez por semana, três ou sete dias seguidos, ou quando sentir o chamado em seu coração, esse chamado, esse desejo depende de você, da Guardiã que irá ajudar-lhe e da necessidade da situação.
As orações quando realizadas com fé e respeito, funcionam sim.
Mas evite a barganha, aproxine-se de sua Guardiã, como quem irá rever uma amiga de longa data, porque com certeza, vocês já são conhecidos de vidas pretéritas.

Claudia Baibich





POMBAGIRAS...
Quem são elas???





POMBAGIRAS...

Quem são elas???

Elas, se apresentam em trages Multi coloridos, podendo ser Ciganas de porte aristocrático, ou mulheres apenas comuns de porte vulgar. Dançarinas populares de Tabernas, enfim, amando a alegria e a noite.
Porque não chamá-las de "Espíritos Eternos das noites Felizes"?
É mister se compreender, que são espíritos, buscando a elevação. Somente trabalhando e praticando o Bem, é que eles se elevam.

A existência de determinados tabus, contra os Exus e Pomba-Giras, revela apenas, profunda ignorância espiritual, oriundas de um tempo, em que havia a concepção errônea de que Exu era o Demônio. Que só queria fazer ou trazer o Mal.

SEJAM BEM VINDOS!

SARAVÁ A TODAS AS POMBAGIRAS!!





Sobre Pomba giras..




Sobre Pombagiras...
Uma das linhas de trabalho mais conhecidas dentro da Umbanda é a linha das Pombagiras. Ainda uma linha que poucos umbandistas entendem, enquanto muitos outros de fora têm uma visão preconceituosa e equivocada a seu respeito. Portanto se faz necessário a informação e o estudo sério, quebrando assim as barreiras do preconceito e ampliando o conhecimento.
Quando falamos em Pombagira na Umbanda, assim como quando falamos em Exu, estamos falando em basicamente três aspectos: Mistério, Orixá e Linha de Trabalho.
No aspecto mistério, ela trabalha no campo dos Desejos e é responsável por enviar vibrações de estímulo para que nada fique estático, e busque evoluir, crescer e se desenvolver. Nos seres e criaturas, ela desenvolve esse desejo, estimulando em vários campos da vida. Não é uma divindade que desperta o “desejo sexual” promíscuo mas sim o desejo de evoluir, de aprender. Esse trabalho, juntamente com as forças de Exu, vitaliza e estimula toda a Criação.
Na Umbanda trabalhamos com “entidades” (espíritos desencarnados com roupagem feminina) que apresentam – se como Pombagiras. São espíritos que atuam, muitas vezes junto com os Exus, guardando os locais onde realizam – se as reuniões espiritualistas, protegendo dos ataques do baixo – astral, cortando magias trevosas, além de serem ótimas manipuladoras e dispersoras das energias sexuais desvirtuadas dos encarnados. Portanto, Pombagira nada tem desse rótulo de prostituta e obsessora sexual que muitos querem dar a ela, pelo contrário, ela é especialista em manipular e acabar com vampirizações sexuais e bloqueios nesse sentido da vida.
Podem utilizar velas, cigarros e bebidas como elementos para trabalhar e auxiliar as pessoas mas não porque são viciadas. Trazem uma força vibrante, estimulando a evolução, o amor, o conhecimento e todos os outros sentidos e campos da vida das pessoas que buscam seu auxílio. Toda Pombagira, além de trazer a força do Trono dos Desejos, também traz a força dos amados Orixás, existindo assim Pombagiras de Oxum, Iemanjá, Iansã, Egunitá, Omulu, etc.
Por último lembramos que assim como Exu, Pombagira EM HIPÓTESE ALGUMA REALIZA TRABALHOS DE AMARRAÇÃO OU FECHAMENTO DE CAMINHOS, nem se utilizam de fluidos vitais, ou presentinhos, para seus trabalhos. Exu e Pombagira dentro da Umbanda são entidades que trabalham pela LUZ!
Portanto, estudem e aprendam os fundamentos da nossa religião para que saibam argumentar, explicar, desmistificar e compreender. Muito do preconceito que a Umbanda sofre, é causada por descaso e falta de conhecimento dos próprios umbandistas. Isso quando não somos nós mesmos os verdadeiros preconceituosos. Hoje a informação está aberta a todos, mas é preciso querer aprender.

(Autor Desconhecido)







Pombagiras das Almas,Quem são e o que fazem?

As Pombas Giras das Almas realizam um dos trabalhos mais lindos e específicos, nas falanges das Guardiãs. Essas Senhoras são espíritos de grande benevolência, sabedoria e dedicação ao trabalho que realizam, com total amor aos seus próximos: irmãos desencarnados que necessitam de amor e esclarecimentos sobre sua condição, sem maior trauma e sofrimento.Tenho escrito sobre diversas falanges e das suas atuações, e muito ainda há que se escrever.Hoje veremos as Guardiãs das Almas:Primeiro: existe diferença entre Pomba Gira das Almas, Pomba Gira do Cruzeiro das Almas, Pomba Gira do Cemitério, Pomba Gira da Calunga e Pomba Gira do Cruzeiro. Todas essas diferenças serão explicadas, nesse blog.Pombas Giras das Almas, não é o nome de uma falange e sim de uma atuação que espíritos de diversas falanges participam.O vocábulo alma, no latim, é anima e no grego: anemos que significam: sopro, emanação, o ser imaterial e individual que une-se ao corpo, para dar-lhe vida numa encarnação.O emprego dos vocábulos Alma e Espírito assumem conceitos e significados diferentes nas diversas teorias religiosas, psicológicas e filosóficas.Na doutrina espírita, a união do corpo material, da alma e o períspirito constituiriam o homem encarnado. E a alma e o períspirito separados do corpo material, constituiriam o espírito.O foco do trabalho é a ajuda aos espíritos que se encontram perdidos quanto ao seu estado, ou seja, espíritos que não têm consciência de seu desencarne e consequentemente estão "presos" a experiência corporal, mantendo ainda percepções sensoriais típicas do encarnado.Embora encontrem-se nesse estágio, esses espíritos não têm a intenção consciente de manterem-se encarnados e muito menos, alimentam o desejo de prejudicarem seus entes queridos ou quem quer que seja, através de obsessões volitivas. Eles simplesmente não sabem ou não querem aceitar que desencarnaram. Desse modo tentam ficar próximos de seus lares, locais de trabalho, amigos, parentes e até frequentam os mesmos ambientes sociais de quando encarnados. Não querem fazer mal a ninguém, querem simplesmente estar presente.As Pombas Giras das Almas dedicam-se a amparar, esclarecer e encaminhar esses espíritos em seu caminho de continuidade e evolução. Esse não costuma ser um trabalho de resultados imediatistas.às Guardiãs das Almas, cabe a função de fazer com que o espírito tenha a percepção de sua condição, como facilitadoras desse processo, e não obrigá-lo a partir contra a sua vontade. Ele tem que perceber, que não está ajudando a si, e muito menos as pessoas que ama , com sua presença.Esse apego normamente é em relação aos entes próximos, mas pode ser também em relação a um determinado local físico, que de certa forma, tenha sido importante para esses desencarnados.A roupagem fluídica das Pombas Giras das Almas é sempre o mais próxima possível, da crença do espírito que esteja ajudando, podendo assumir várias formas, inclusive para os outros espíritos próximos e familiares que já estejam tentando ajudar esse desencarnado.Normalmente mostram-se à vidência com roupas claras, quase etéricas, trazem consigo sempre uma referência à luz, ao caminho, como velas brancas ou lamparinas.Nos Terreiros, quando incorporadas, podem usar roupas brancas, pretas ou pretas e brancas.Suas manifestações dependem de uma série de fatores: a natureza do trabalho, a energia do local, a energia do médium entre outras. Mas dificilmente expressam-se de modo sensual, sedutor ou agressivo. Ao contrário, na maioria das vezes, quando o médium não atrapalha a manifestação da entidade, com seus conceitos errados de como uma Pomba Gira deve ser, a manifestação das Senhoras das Almas, é a da Mãe que guia os filhos com a autoridade e o amor necessários.Então encontraremos em diversas Falanges, a função "Das Almas": Maria Padilha das Almas, Maria Mulambo das Almas, Maria Quitéria das Almas, Rainha das Almas, Menina das Almas, etc.E retornando a uma pergunta comum, dos leitores:Pomba Gira das Almas é o mesmo que Pomba Gira do Cemitério?Não, não é!Aguardem explicações sobre:-Pomba Gira do Cemitério-Pomba Gira da Calunga pequena-Pomba Gira do Cruzeiro-Pomba Gira do Cruzeiro das AlmasSALVE AS SENHORAS GUARDIÃS DAS ALMAS!!!
Autoria: Claudia Baibich





  ROSA CAVEIRA



  ROSA CAVEIRA

Pomba gira rosa caveira é uma pomba gira que trabalha com seus parceiros de calunga em busca da evolução dos seres humanos e deles próprios.


Com aconselhamentos muitas vezes com certa impaciência não perdoa seus inimigos e protege seus cavalos sem mesmo eles pedirem sua proteção, odeia injustiça, se irrita com os tolos, temperamento forte como de exu caveira, se cuidada é uma pomba gira rica e bela ajuda em causas que aparentemente estão perdidas, e abraça a causa de uma pessoa injustiçada, não gosta  de teimosia, e seus recados são diretos e muitas vezes fortes , vem na falange de tatá caveira , falange maravilhosa e firme .

Uma mulher de fibra, vencedora de demanda, pomba gira de trabalho não gosta de muita brincadeira , quando vira sua gargalhada é de dor, é como se toda calunga viesse com ela estremecendo corações e o chão.

Quando cobra seus cavalos ataca diretamente a saúde e a parte financeira muitas vezes o cavalo tende a cair em depressão.

Geralmente os seus cavalos vivem em altos e baixos até acertar um tiro certo na felicidade e na realização profissional.

Rosa caveira gosta de fartura, as coisas certas  e positivas , é uma pomba gira que quando cuidada ajuda seus cavalos tanto a evoluir espiritualmente quanto na vida nessa terra , os realizando na parte financeira e amorosa .

Como trabalha com caveira e ele é o rei da sua falange, suas oferendas ela sempre pede um frango ou carré para oferecer antes ao senhor caveira como sinal de respeito e depois disso recebe a sua.

A mesma coisa faz molambo da lixeira, pois respeita caveira e tem ele como o rei dos exus na sua casa e porteira junto com rosa caveira.

Geralmente, aprecia bebidas doces, cigarros, rosas, padês, frangas.

Suas vestes saias, capas.

Cores: preto, vermelho, roxo.

Salve Rosa Caveira





  POMBA GIRA MARIA PIMENTA



  POMBA GIRA MARIA PIMENTA

Esta pomba gira geralmente vem na falange de Maria Padilha e da Malandragem , assim como a pimenta  sua ferramenta de trabalho é bem apimentada , lida com o poder da discórdia como ninguém é totalmente alegre e consegue  tirar qualquer pessoa do serio em segundos, lida com facilidade em trabalhos de brigas e grandes confusões geralmente quem carrega essa pomba gira e  a deve atrai muitas brigas e discórdias e tem poucos amigos, gosta de bebidas fortes , gosta de bebidas misturadas e carregadas de pimenta admira vermelho e amarelo , pomba gira nova desencarnou a poucas décadas adora rosas vermelhas no cabelo .

Quando se deve essa pomba gira ela atrai muito seu cavalo para bares e bebidas e confusões .

Quando a pomba gira é tratada seus cavalos tem sorte no amor e na parte financeira .

 Pomba gira geralmente escrava de nanã e oxum e oya .





POMBA GIRA CIGANA MADALENA



POMBA GIRA CIGANA MADALENA
 

“Salve povo Cigano, em sua graça!”.

Esta é a mensagem de minha companheira “Maria Madalena”, que vem ao longo desses anos me trazendo as boas novas com toda a sua força, ajudando a cuidar de todos, de cada filho e filha e a cada porfia sem menosprezar nenhum carente que queira sua vasta sabedoria das magias e desfazendo feitiços e acima de tudo equilibrando o interior vasto na harmonia de cada ser, utilizando com seu encantamento harmonioso e belo em todas as suas manifestações.

Nos caminhos que se abrem, quebrando todo tipo de desencanto, salve amiga “Madalena”.

O caminho percorrido é longo em todas as nossas campanhas, ainda há de porvir mais pedregosos e difíceis, sei que podes desviá-las com destreza, quebrando os desencantos e seguir vislumbrando sua vasta ternura. Sua beleza é constante em sua trajetória perspicaz.

Sempre amparas aqueles que tem quedas, mas como de costume com suas mãos fadadas irradias vossas mensagens envoltas de muita luz.

Sempre serás caminhante de caminhada agradável e de infinito regate no fortalecimento dos valores que cabe a cada um que tem em teu afeto na unificação dos objetivos e ideais.

Lançar-lhe-á, mão de teus perfumes e amílcares, das pétalas floríferas Lírios e outras de cheiro suave, de pêndulos, do Ouro e da Prata e incenso também suave de que representa sua conduta.

De tuas cores prateadas com dourado brilhantes, faz teus encantos, que por muitos são de verdadeira admiração e contentamento.

Madalena foge ao tempo, duplica-se em materializações impossíveis em termos humanos, e passa ao espaço do simbólico, paradoxalmente sem se cristalizar, nem perder a identidade que adquiriu.

Madalena subsistiu enquanto entidades autônomas, regressando sob a categoria da «bruxa-branca», depois de ter absorvido em si e congregado ao seu nome todas as variantes possíveis de comportamentos, gestos e emoções, tanto positivos quanto negativos. Todos estes elementos continuam e sempre a desaguar na noção de um amor superlativo, com os seus excessos antigos que agora se aceitam como mais naturais. Por tudo isto, Madalena se vai consolidando como parte ou base de um mito do amor, que a vida recuperou para acrescentar ao seu panteão.”

Por Cigana Eva em sua graça e conhecimento






REFLEXÃO

O mal que aqui nessa terra pratica, voltará com sua fúria e duas vezes mais a ti que deseja o mal ao próximo!

Os que nessa terra praticam o bem, sem esperar retorno, tem seu espírito evoluído, pois o bem traz paz e crescimento e cura de muitos males e te livra do desespero e da dor !

Faça o bem sem olhar a quem!
Não alimente a fúria e o ódio!
Reflita e observe que o mundo não precisa de mais dor e perdas! O mundo precisa de pessoas que possam viver gerando e estendendo a bandeira da paz para que os que vêm a nascer nele, rasguem a bandeira do preconceito e da ignorância !





Visite nosso Site Principal
Clique nos links abaixo pra
abrir as páginas

Pai joao de Angola
Ogum vencedor de demanda
Os trabalhos desenvolvidos
Quem somos
constituição da república
Fundamentos.
cartão de visitas
Pontos Cantados
Orações.
Oxum
As Pombas Giras
Maria Padilha
Altar na Umbanda.
Comida de santo
Cosme e Damião
Gira de Umbanda
Homenagem a Zé pilintra.
Xangô o rei da Justiça
Banhos de descarrego.
Simpatias Diversas
Guias contas e colares.
Defumações
Batismo na Umbanda
Conselhos de preto velhos
Escrava Anastácia.
Marinheiros na Umbanda.
Pai benedito.
Homenagem a Tranca Rua
Baiano zé do Coco.
Descarrego de Polvora.
Ciganos na Umbanda.
Sara Kali.
Preto velho na Umbanda.
Cabocla jurema.
Omulu/ Obaluaiê.
Altar virtual.
Mãe Maria Conga.
Boiadeiros na Umbanda.
Altar Virtual de exu.
O que è Caridade?
Caboclo boiadeiro.
Ser Médium.
Caboclos na Umbanda.
Como acontece a Gira.
Conduta moral
Anjo da Quarda.
Curiosidades.
Intolerância Religiosa.
Mediunidade.
Corrente mediunica.
Orações 2
tronqueira
Casamento na Umbanda.
pontos cantados 2
Sincretismo religioso.
Caracteristicas dos filhos
Altar dos Preto-velhos.
Exu

O que é Umbanda.


Imagens do Centro.

Centro Pai João de Angola
localizado em maringá-Pr.
Na Av. lucilio de Held 1013
Jardim Alvorada.
tel:(044)3034-5827 ou
(044)9956-8463.


betodeogum-2009@hotmail.com Atendimento:
de seg. a Sexta-feira.
Das 09:00 as 20:00horas.
Consultas somente com hora marcada.











Esse Site é dedicado a Ogum

Quem é Ogum?


"É o Orixá Senhor das contendas, deus da guerra.
Seu nome, traduzido para o português, significa luta, briga, batalha. É a divindade da metalurgia, do ferro, aço e outros metais fortes.
Ogum é a força incontrolável e dominadora, do movimento, do choque. Patriarca dos exércitos, dono das armas. Ogum é o poder do sangue que corre nas veias. Orixá da manutenção da vida.
Homenagem a Ogum.



Ogum
e o pai que nunca deixa um filho sem resposta"
" Ogum abênçoa os filhos e os filhos de seus filhos. " . "Eu não seria nada se não fosse Ogum para abrir a minha Estrada." Salve meu Pai Ogum, Axê patacori Ogum.


Faça de nosso altar virtual
o cantinho de suas Orações.








Clique abaixo prara abrir os Altares:


Conheça o Altar do Centro Pai joão de Angola
Clique no Video abaixo



Leia e assine nosso:





Agradecemos sua visita. volte sempre.


topo



Centro Espirita Umbandista  Pai joão de Angola.
Localizado em Maringá Pr.
Situado na Avenida Lucilio de Held 1013.
Atendimento de segunda a sexta-feiras das 09:00 ás 20:00 horas.
Consultas somente com hora marcada.
tel: (044)3034-5827 ou (044)9956-8463.
             Msn: betodeogum-2009@hotmail.com



Os textos apresentados na sua maioria foram retirados , da internet. Esse é um espaço onde
colocamos diversos pensamentos e o nosso principal objetivo é a divulgação da nossa Umbanda.
Quando algum texto for de autoria do Centro Pai João de angola, o responsável será indicado; da mesma forma que
fazemos com outros autores que não têm vínculos com a nossa casa...
Comunicado Importante:
Este é um Site totalmente gratuito, sem fim comercial ou lucrativo. Algumas imagens e informações provêm de outros sites na internet. Caso você seja o detentor do Copyright de qualquer uma delas, e deseje que ela seja retirada, por favor, é só nos mandar uma mensagem citando o nome e a localização para sua remoção imediata. Não temos o objetivo de nos apropriar de informações alheias tomando-as como nossa, pelo contrário, sempre que possível, colocaremos o nome do autor abaixo do título para deixar bem claro que a intenção é de divulgar a Umbanda através de textos bem elaborados e esclarecedores. Saiba que o Centro Pai João de Angola está isento de qualquer responsabilidade.


 


Criamos seu site.

Se sua Empresa ainda não tem site, ou não está tendo o resultado esperado com seu site, não perca mais tempo,
 contrate-nos já. 
Trabalhamos com criação de sites otimizados, gerenciáveis, oferecemos suporte e manutenção, registramos seu domínio, hospedamos seu site. 
Atendemos todo o Território Nacional.

Tel: (044) 3034-5827 Ou (044) 9956-8463 (Tim)

  Site Map