benzimentos

Benzimentos.

É uma prática muito antiga a muitas culturas, mas aqui no Brasil ganhou força no período da colonização junto aos imigrantes que chegaram.

Vale lembrar que os próprios Índios aqui já estabelecidos praticavam seus rituais de cura dentro de um conjunto de orações no seu próprio dialeto.

O Benzimento se da no conjunto de rezas, na formulação de garrafadas, seja de proteção ou de dosagem, existem Benzimentos para proteção de casas, crianças, animais de estimação, plantas, proteção do corpo e de espírito.

Para um bom Benzimento não existe hora e nem lugar, não importa o dia e nem a Lua.

Não é preciso ser médium nem ter nenhum tipo de pré-requisito além da vontade de ajudar ao próximo.

O Benzimento se aprende dentro de uma tradição na qual quem sabe e foi preparado ensina quem precisa, independente de crença ou religião.


Sendo assim o Benzimento é livre a qualquer pessoa que queira aprender.

  Essa foto foi Extraída da Internet, sendo meramente ilustrativa.

Benzimento com a vela para diversos casos
 
material:
 
•    1 vela branca de 7 dias
•    1 prato de louça branco
•    papel e caneta
Procedimento:
 
•    Escrever no papel o nome da pessoa a ser benzida, em seguida colocar no prato  e em cima colocar a vela de 7 dias acessa. Cruzando a vela, com o estalar de dedos, fazer a seguinte oração>
" Deus nosso Pai Amado, Amados anjos do Senhor eu vos peço que todos os caminhos da vida de (nome da pessoa) sejam cruzados pela sua luz purificadora e que vossa luz e força, possam abrir os caminhos de ( nome da pessoa, podendo fazer outros pedidos como cura, trabalho, paz, harmonia libertação de vicios, etc...)
amém
Rezar 7 Pai Nossos e 7 Ave Maria
Deixar no local até a vela se apagar

BENZIMENTO PARA DEIXAR DE BEBER


ESTE BENZIMENTO DEVE SER FEITO EM CÉU ABERTO EM SOLO TERROSO
 
MATERIAL UTILIZADO
01 GARRAFA DE ÁGUA ARDENTE
01 MAÇO DE CAPIM SANTO OU ARRUDA
O ASSISTIDO DEVERÁ FICAR DESCALÇO
O bento(a) deverá manter a cabeça coberta com pano branco devidamente benzido
 
PROCEDIMENTO PARA SE BENZER
•    ABRIR A GARRAFA DE ÁGUA ARDENTE
•    FAZER UMA CRUZ ENTRE OS PÉS DA PESSOA QUE SERÁ BENZIDA E LOGO EM SEGUIDA UM CIRCULO QUE MANTENHA  O BENZEDOR(A) E A PESSOA QUE ESTA SENDO BENZIDA DENTRO DO MESMO.
•    AO FINAL DESTE CIRCULO JOGAR A GARRAFA PARA TRÁS DE SI
•    PEGAR O RAMO E CRUZANDO A PESSOA FAZER A SEGUINTE ORAÇÃO:
Em nome de Deus e da divina trindade Pai, filho e espírito santo, eu cruzo (nome da pessoa) e clamo a força de São Miguel Arcanjo, São Crispim, São Bento, São Lázaro, Santa Mónica para que seja cortado o vicio ( falar  o nome do vicio da pessoa que se esta benzendo) e se o mesmo for oriundo de praga, conjuro ou maldição que sejam pela espada de Miguel o Arcanjo recolhidos na casinha de SANTO ANTÓNIO
Em nome do Pai
Em nome do filho
Em nome do espírito santo
 
Eu entrego o espírito de ( nome da pessoa) para Jesus para que o mesmo seja levado para a luz
 
Amém
 
7 Pai Nosso
7 Ave Maria
7 Salmos 91
 
O atendido não deverá sair de casa neste dia e deve firmar uma vela para o anjo de guarda
 
ESTE BENZIMENTO DEVERÁ SER FEITO POR 7 SEMANAS UMA VEZ POR SEMANA

 

Benzimento para bronquite



Material
Toalha branca ( pequena )
Tesoura

Colocar a toalha branca aberta no tóraz da pessoa que vai ser
atendida e cortando em cruz com a tesoura fazer a seguinte oração:

"Jesus por onde andava, os doentes fazia levantar
Pois é na força do Mestre da Cura que esta bronquite eu vou cortar"

7 Pai Nosso 7 Ave Maria
repetir o benzimento 3 vezes seguidas

Logo após fazer com a toalha em cima dos pulmões e deixa-la aberta no
sereno um noite seguida

BENZIMENTO PARA AUTO CONFIANÇA:para perder medo etc
Material necessário:
01 barbante para amarrar no pulso
 
Procedimento para se benzer
Dar três nós o barbante e em cada nó rezar um credo sendo ele ou católico ou Umbandista a São Benedito rogando amparo e proteção para a pessoa que estamos preparando o cordão
Ao terminar amarrar no pulso esquerdo da pessoa este barbante e deixar lá por 60 dias

Após os 60 dias cortar o barbante e queima-lo rezando mais 7 credos a São Benedito

BENZIMENTO PARA DIABETES

 
Material necessário:
Raiz de gengibre`
Água benta
Vela branca
 
Procedimento para benzer
Com a raiz de gengibre, o bento vai cruzar 7 vezes a frente e 7 vezes o atrás da pessoa a ser benzida, fazendo a seguinte oração:

Glorioso São Roque, intercedei por ( falar o nome da pessoa ) junto a Nosso Senhor Jesus Cristo, que curou tantas pessoas quando na terra andava, para que a ( falar o nome da doença ) de ( falar o nome da pessoa ) possa pelas mãos de Jesus e por tua intercessão ser equilibrada, contida e harmonizada, Amém

Esta oração deve ser feita 03 vezes na frente e 03 vezes nas costas do assistido, em seguida a cada oração rezar 7 Pai Nosso e 13 Ave Maria
 
* Este benzimento deve ser repetido diariamente por pelo menos 7 dias
 
Em seguida dar a água benta logo após o benzimento para a pessoa beber ( 01 copo cheio )
Dar a vela para pessoa acender em casa para seu anjo de guarda
 
Sinusite, benzimento:
 
MATERIAL USADO
Faca
Água benta
 
PRODECIMENTO
Cruzar a face da pessoa atendida com água benta e em seguida cruzar-se
Logo, pegar a faca e cruzando a face da pessoa fazer esta oração
 
Na força de São Bento eu cruzo ( nome da pessoa) e descruzo toda ( falar nome da doença ou doenças), rogando a Deus que restitua-lha sua saúde, Amém
7 Pai Nossos
7 Ave Maria
+++ Este benzimento dever ser repetido por pelo menos 3 vezes

BENZIMENTO PARA TRATAMENTO DE PEDRA NA VESÍCULA


 
Material necessário:
•    Tesoura benta
•    Chá de erva cidreira
 
Mode de se benzer:
•    Cruzando a parte afetada com a tesoura rezar 7 credos
•    Com as mãos espalmadas sobre o chá sem adoçar, logo em seguida rezar 3 Pai Nossos e dar para o assistido consumir
Este benzimento deverá ser repetido por 7 dias
 
* Lembramos que todo tratamento médico deve ser mantido

Benzimento para auxilio da visão
 ( direcionado para diversos problemas da vista)
 
Material utilizado:
Água benta
 
Procedimento para se benzer:
 
Molhar o polegar em água benta
Fazer uma cruz sobre uma das vistas que deverá estar fechada
Logo após repetir o movimente em cruz, porém com o dedo polegar um pouco afastado da vista
Rezar com este benzimento (cruzando) 7 Ave Maria e logo após terminar as orações dizer: Em Nome da Santa Cruz e da divina trindade Pai, Filho e Espírito Santo todo o mal de ( nome da pessoa) foi retirado, cruzado e ( nome da pessoa) esta curado.
 
*Logo após repetir o procedimento na outra vista

Benzimento para recolhimento de forças negativas de casas ( recomendado para casas que se encontram muito tempo vazias )
 
MATERIAL UTILIZADO:
•    Coco marrom
•    pemba ou giz brancos
•    Copo com água benta
•    Vela branca
PROCEDIMENTO PARA SE BENZER:
•    Risque no primeiro cómodo na entrada da casa uma cruz média
•    Coloque nas pontas 04 copos com água benta
•    No meio desta cruz coloque o coco marrom
•    Pegue a vela branca acenda e cruzando toda esta cruz fazer a seguinte oração:
Em nome de Deus e da divina trindade, Pai, Filho e espírito santo
Em nome de Padre Cícero e da corrente dos baianos
Eu cruzo esta passagem para que o mal não entre mais nesta casa
Todo o mal, carrego os sofrimento que aqui entrou
Meu Padrinho Cícero com os seus baianos de luz já retirou
Com sua Bênção envolveu a todos desta casa
E a bênção de Jesus aqui deixou
Em seguida rezar 7 Pai Nosso
Deixar a vela queimando do lado direito da cruz
 
Após 24 horas retirar tudo e jogar a água na pia
e deixar o coco em baixo de um coqueiro.

            Espero ter colaborado.
O ideal é que se procure uma benzedeira ou benzedor.
Os benzimentos funcionam basta que se tenha fé.

Agradecemos sua visita Volte sempre....

Traduzir Esta Página

Endereço

Av. Dona Sofhia Rasgulaeff  177.
Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
Telefone:
(44) 3034-5827 (44) 99956-8463
Consultas Somente com Hora Marcada.
Atendimento: de Segunda a sexta-feira
Das 09:00 as 19:00 horas.
Não damos consultas:

 via whatsapp ou via E-mail.



Mapa google

"Que Ogum te Abençoe hoje e sempre".

Digite na caixa de Pesquisa abaixo o que deseja encontrar nesse site.


Os textos apresentados na sua maioria foram retirados , da internet. Esse é um espaço onde colocamos diversos pensamentos e o nosso principal objetivo é a divulgação da nossa Umbanda. Quando algum texto for de autoria do Centro Pai João de angola, o responsável será indicado; da mesma forma que fazemos com outros autores que não têm vínculos com a nossa casa... Comunicado Importante: Este é um Site totalmente gratuito, sem fim comercial ou lucrativo. Algumas imagens e informações provêm de outros sites na internet. Caso você seja o detentor do Copyright de qualquer uma delas, e deseje que ela seja retirada, por favor, é só nos mandar uma mensagem citando o nome e a localização para sua remoção imediata. Não temos o objetivo de nos apropriar de informações alheias tomando-as como nossa, pelo contrário, sempre que possível, colocaremos o nome do autor abaixo do título para deixar bem claro que a intenção é de divulgar a Umbanda através de textos bem elaborados e esclarecedores. Saiba que o Centro Pai João de Angola está isento de qualquer responsabilidade.



Há alguns anos, em um dia quente de verão,
um pequeno menino decidiu ir nadar no lago
que havia atrás de sua casa.
Na pressa de mergulhar na água fresca,
foi correndo e deixando para trás os sapatos,
as meias e a camisa.
Voou para a água, não percebendo que
enquanto nadava para o meio do lago,
um jacaré estava deixando a margem e entrando na água.
Sua mãe, em casa, olhava pela janela
enquanto os dois estavam cada vez mais perto um do outro.
Com medo absoluto, correu para o lago,
gritando para seu filho o mais alto quanto conseguia.
Ouvindo sua voz, o pequeno se alarmou,
deu um giro e começou a nadar de volta ao encontro de sua mãe.
Mas era tarde.
Assim que a alcançou, o jacaré também o alcançou.
A mãe agarrou seu menino pelos braços
enquanto o jacaré agarrou seus pés.
Começou um cabo-de-guerra incrível, entre os dois.
O jacaré era muito mais forte do que a mãe,
mas a mãe era por demais apaixonada para deixá-lo ir.
Um fazendeiro que passava por perto,
ouviu os gritos, pegou uma arma e disparou no jacaré.
De forma impressionante, após semanas
e semanas no hospital, o pequeno menino sobreviveu.
Seus pés extremamente machucados pelo ataque do animal,
e, em seus braços, os riscos profundos
onde as unhas de sua mãe estiveram cravadas
no esforço sobre o filho que ela amava.
Um repórter de jornal que entrevistou o menino após o trauma,
perguntou-lhe se podia mostrar suas cicatrizes.
O menino levantou seus pés.
E então, com óbvio orgulho, disse ao repórter:
“Mas olhe em meus braços”.
“Eu tenho grandes cicatrizes em meus braços também”.
“Eu as tenho porque minha mãe não deixou eu ir”.
Você e eu podemos nos identificar com esse pequeno menino.
Nós também temos muitas cicatrizes.
Não a de um jacaré, ou qualquer coisa assim tão dramática.
Mas as cicatrizes de um passado doloroso.
Algumas daquelas cicatrizes são feias
e causam-nos profunda dor.
Mas, algumas feridas, meu amigo,
são porque DEUS se recusou a nos deixar ir.
E enquanto você se esforçava, Ele estava lhe segurando.
Se hoje o momento é difícil, talvez o que está te causando dor
seja Deus cravando-lhe suas unhas para não te deixar ir.
Lembre-se do jacaré e muito mais daquele que mesmo em meio
a tantas lutas nunca vai te abandonar.
Deus certamente vai fazer o que for necessário para não te perder,
ainda que para isso seja preciso deixar-lhe cicatrizes.

LEMBRE-SE SEMPRE QUE VOCÊ É ESPECIAL PARA DEUS.

   Você pode

Mensagem

Só Deus pode criar, mas você pode valorizar o que ele criou.
Só Deus pode dar a vida, mas você pode conservá-la e respeitá-la.
Só Deus pode dar a paz, mas você pode dar e semear a união.
Só Deus pode dar a força, mas você pode amparar os seus irmãos.
Só Deus pode dar a esperança, mas você pode restituir a confiança ao próximo.
Só Deus pode dar o amor, mas você pode ensinar a amar.
Só Deus pode dar a alegria, mas você pode sorrir para todos.
Só Deus pode fazer milagres, mas você pode fazer o sacrifício.
Só Deus é a vida, mas você pode dar aos outros, a alegria de viver.
Só Deus pode fazer o impossível, mas você pode fazer tudo o que está ao seu alcance.
Só Deus basta a si mesmo, mas ele prefere contar com você!!!

Ao mestre com carinho

Oração a Pai João de Angola

Ogum

Oxum

Yansã

oracões

Xangô

Yemanjá

Oxossi

Oxalá

Oxumarê

Preto-velhos

Caboclos

Boaideiros na Umbanda

Baianos na Umbanda

Marinheiros

Pomba Gira

Maria Padilha

Oração de exu

Banhos de descarregos

Pontos Riscados de Exu

História de Rei Congo

Maria Redonda

Pontos Cantados diversos

Pontos Cantados Orixás

Galeria de Videos

Mensagem do Sr. Zé Pilintra

Pai José da Guiné

Exu Capa Preta

Exu 7 encruzilhadas

Exu Morcego

Mensagem de Pai joão de Angola

Histórias de Vovó Luiza

Atribuição dos Preto-velhos

Ogum Rompe Mato

Ogum Yara

A história de vovó Benedito

Oferenda de Oxum

Oferenda a Xangô

Oferenda de Ogum

Oferenda de oxossi

A Mediunidade, os orixás e os caboclos

Orações Diversas

Os filhos de Omulu

Mensagens de Natal

Porque os exus riem

Cigano Pablo

Cigana Esmeralda

Mensagem de Ogum

Altar virtual

Altar Virtual dos Orixás

Altar dos Preto-velhos

Altar de Nossa Senhora

Altar de ogum

Altar de Oxum

Altar de Exu

Videos de preto-velhos

Descubra o seu Orixá

Livro de Visitas

Livro de Visitas 2

10 erros cometidos por médiuns

A tristeza dos Orixás

Altar na umbanda

Amor palavra de ordem na gira

As falanges de trabalhos na umbanda

Assistência

Atitudes interiores

Bandeira branca de Oxalá

Cantos e palmas num terreiro

Como acontece a gira

Como ler ouvir observar e saber se aquilo é certo

Conduta Moral

Conduta no terreiro de umbanda

Conflitos

Conflitos Familiares

Cores e a umbanda

Cumprimentos e posturas

De olho Fechados

Deus não te Fez para sofrer

Deus salve a Umbanda

O dia de Finados na Umbanda

ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA

Entendendo a inveja

ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA

Expressões usadas na Umbanda

Exu não é fofoqueiro

Exu não é o diabo

Falta de doutrina e comprometimento

Faz caridade fio

Faz o bem sem ver a quem

Fumos e Bebidas

Fundamentação doutrinátoria

Guias e Colares

Hierarquia na Casa de Umbanda.

Humildade

Jogaram uma carga pesada pra cima de mim

Linha de Esquerda: "Exu e ´Pomba-Gira"

Mediunidade na Umbanda

Mediunidade, um passo de cada vez

Mensagem de Caboclo 7 Flexas

MIRONGA DE PRETO VELHO

NÃO ABANDONES O TEU POSTO DE SERVIÇO

Normas dos terreiros

Nossos Umbigos

O maior inimigo da Umbanda

O pequeno universo do umbandista

O Perdão Não tem Contra-indicação

O templo que vos acolhe

OBRIGAÇÕES NA UMBANDA

Obrigado, vovô

Oração do umbandista

Orixá de Cabeça

Os Caboclos na Lição de Pai João

Os médiuns são Parceiros

Os Orixás se Manifestam em Nós e Através de Nós!

Os perigos e conseqüências da mediunidade mal orientada

Página inicial textos de Umbanda

Clique aqui.


Deste Site

Pai João de Angola
  • Ogum vencedor de Demanda
  • Fundamentos
  • Orações
  • Oxum
  • As pombas giras
  • Maria Padilha
  • Comida de Santo
  • Cosme e Damião
  • Giras de Umbanda
  • Homenagem a Zé Pilintra
  • Xangô senhor da Justiça
  • Yemanjá
  • banho de descarrego
  • Simpatias Diversas
  • Guias Contas e colares
  • Defumações
  • Batismo na Umbanda
  • Conselhos de Preto velhos
  • Escrava Anastácia
  • Marinheros na Umbanda
  • Pai Benedito
  • Homenagem a Tranca Rua
  • Baiano zé do Coco
  • Obá
  • Descarrego de Polvora
  • Ciganos na Umbanda
  • Sara Kali
  • Oxossi
  • Oxumarê
  • Preto-velho na Umbanda
  • Cabocla Jurema
  • Omulu-Obaluaie
  • Altar Virtual
  • Mãe Maria Conga
  • Boiadeiros na Umbanda
  • Descubra seu Orixá
  • Altar Virtual de exu
  • Altar Virtual dos Orixás
  • batizando-na-umbanda
  • Ossãim
  • O que è Caridade
  • Ogum em video
  • Caboclo boiadeiro
  • Ser Médium
  • Pontos e videos de defumação
  • Caboclos na Umbanda
  • Como acontece a Gira
  • reflexão em Videos
  • Conduta moral
  • Anjo da Quarda
  • Curiosidades
  • Intolerância Religiosa
  • Mediunidade
  • Corrente mediunica
  • Orações 2
  • tronqueira
  • Mensagens em slaides
  • Casamento na Umbanda
  • pontos cantados 2
  • Oxalá
  • Sincretismo religioso
  • Caracteristicas dos filhos
  • Altar dos Preto-velhos
  • Exu
  • Umbanda
  • Quimbanda
  • Orações das almas
  • hierarquia na umbanda
  • Livre se da Depressão
  • Reflexões
  • 7 chaves da Felicidade
  • Mensagens Espiritas
  • Tia maria de Minas
  • Minutos de sabedoria
  • Exus e pombas Giras
  • Mensagens de Otimismo e Fé
  • Convite aos Umbandistas
  • 13 de Maio
  • Combatendo o alcoolismo
  • Recomeçar de Novo
  • Superando as Percas
  • Perdoar a si mesmo
  • Decepções
  • Conceito Básico
  • Zumbi dos Palmares
  • Maria Bueno
  • Mini Série Oxum
  • Reconciliação
  • indiferença
  • desencarnar
  • Pontos Mp3 Orixás
  • O Médico dos médicos
  • Livro de Visitas
  • Corrente de Orações
  • Mensagem de Tranca-Rua
  • Conflitos Familiares
  • Amor e Ódio
  • Exu tiriri
  • Um abraço fraterno
  • Prece Aos Caboclos
  • O que Falta na umbanda
  • Mensagem de Vovó Maria Conga
  • Lições de sabedoria
  • Ajudar faz Bem
  • A umbanda que eu amo
  • Preto-velho x Exu
  • Frustrações
  • Batendo cabeça
  • Aprenda a Dizer Não
  • Insatisfação com a Vida
  • Oferenda de Marinheiro
  • Conselhos aos casais
  • Vovó Benta
  • Pai Cipliano
  • O Uso das velas
  • O luxo na Umbanda
  • Salmos Recomendados
  • Yansã
  • Pontos Riscados
  • Como combater a Inveja
  • Nanã de Buroque
  • Pai Guiné
  • Pai Tomé
  • Pai Antônio
  • Prece aos Orixás
  • Altar de Nossa senhora
  • Altar Virtual de Ogum
  • Altar Virtual de Oxum
  • Livro de Visitas 2
  • Ao mestre com carinho
  • Sabedoria de preto-velho
  • Fofocas no terreiro
  • Histórias de Preto velho
  • Aos médiuns da corrente
  • Orixá logum edê
  • História de Vó Cambinda
  • Pai Serafim de Aruanda
  • Pontos Cantados
  • Página inicial
  • descubra seu orixá
  • Assuntos Diversos
  • Oferendas de Exu
  • Oferendas para os Orixás
  • Pomba Gira Cigana
  • Oferendas a Yansã
  • Exu do lodo
  • EXU TATÁ CAVEIRA
  • Povo da Rua
  • Exu serpente
  • Exu Mangueira
  • Oração a Exu chama dinheiro
  • Exu Veludo
  • Oferenda para os preto-velhos
  • Oferenda de Boiadeiros
  • Oferenda ao Caboclo boiadeiro
  • Oferendas Básicas Umbandistas